A melhor maneira de responder a uma solicitação de orçamento para prestação de serviços, é enviar o documento no mesmo dia, pois seu cliente não está cotando apenas com você.

Pensando nisso, criei este modelo de orçamento para prestadores de serviços, que pode ser baixado grátis e editado no Word ou no Google Docs.

Como criar um orçamento de prestação de serviços

Um orçamento de prestação de serviços, geralmente é mais complexo do que um orçamento de produtos bem conhecidos e que não oferecem grandes personalizações.

O serviço – quase sempre – é feito sob medida para as necessidades específicas do cliente. Então, na hora de criar o orçamento, são levados em conta:

  • dificuldade de realização do serviço
  • características únicas do cliente ou do ambiente de realização do serviço
  • quantidade de visitas físicas para realização do serviço

👇 Baixe o modelo de Orçamento em Word

Como criar um Orçamento de Serviços (video aula)

Como cobrar pelo serviço: horas ou pacote fechado?

Muitas vezes, os serviços são baseados em horas de trabalho, mas nem sempre isso representa o trabalho realizado e pode ficar inviável tanto para o cliente, quanto para o prestador – dependendo do caso.

Um exemplo: para corrigir um problema elétrico, pode até demorar 10 minutos, mas isso ocorre porque o profissional já se deparou com tal problema inúmeras vezes, porque gastou bastante com estudos a respeito e executou com tal velocidade por mérito.

Não é justo cobrar a hora fracionada. No mínimo, o valor cobrado deve ser de 1 hora técnica do profissional.

Então minha dica é: tenha valores fechado para sua hora, mas também tenha valores aproximados para cada tipo de serviço. Isso só vai se desenvolver com tempo e com sua experiência, mas é a forma correta.

Complexidade do orçamento

Se for um serviço corriqueiro, que não precisa de grande personalização e muito estudo sobre o cliente e seu mercado, um orçamento simples vai dar conta do recado: descrição básica e valores.

Mas se você precisa persuadir seu cliente e mostrar uma solução única para seus problema, é melhor trabalhar mais o conteúdo do orçamento.

Orçamento ou Proposta Comercial?

Na realidade, o termo orçamento de prestação de serviços não é o correto para a finalidade de definir um valor a ser cobrado do cliente.

Esse documento, chama-se proposta comercial, e não orçamento. Popularmente, acostumamos a chamar esse documento desta forma, mas é um uso errado do ponto de vista técnico.

Também achamos que a proposta comercial é muito complexa e desnecessária. Mas saiba que mesmo um documento com descrição básica e tabela de serviços / preços, já é considerado como proposta comercial.

Não exagere nas cores e informações

Um orçamento precisa ser curto, de fácil leitura e objetivo. Por isso, evite cometer estes erros ao criar seu orçamento:

  • orçamentos de múltiplas páginas
  • enfeitar demais o visual e deixar o orçamento “super cool”, pode ter o efeito contrário. O bom e velho preto no branco funciona melhor do que um orçamento que parece um slide em PowerPoint. Se for para inserir cores, foque no seu logo, e alguns itens da tabela de preços para destacar informações
  • formatos difíceis de abrir: prefira o PDF ou mesmo um link para uma página da internet (que é ainda mais recomendável, pois pode ser lido no celular com facilidade)