É muito difícil em tempos como esse que vivemos, da era da informação, separar boas dicas de empreendedorismo de apenas palpites e especulações. Nesse post, separei quatro pérolas de sabedoria de empreendedores bem sucedidos para refletirmos juntos e, de certa forma, tentarmos incorporá-las em nosso dia-a-dia empreendedor.

Mesmo quem não é fundador de uma empresa mas possui espírito empreendedor vai achar útil o que essa pessoas têm a dizer e não há o que discordar considerando o sucesso que esse mindset trouxe à elas.

“Tenha um mantra, não uma missão.”

– Guy Kawasaki

Guy Kawasaki foi um dos primeiros gerentes de marketing da Apple e um dos profissionais de marketing mais respeitado no mundo até os dias atuais. Além de ter trabalhado na Apple é investidor em um fundo que ele mesmo criou chamado Garage Ventures, para ajudar outras startups a decolarem e cunhou o termo Technology Evangelist, que era a sua principal função na empresa de Cupertino. Eu sigo muito de seus passos enquanto na mesma função dentro da Umbler.

O que Guy quer dizer com essa frase é que empresas precisam de um propósito objetivo e claro para nortear as suas decisões e a de seus funcionários, para manter todos alinhados. No entanto, muitas empresas acreditam que isso apenas é obtido através de placas bonitas com a Missão, Visão e Valores da empresa, o que não é verdade.

[embedyt] https://www.youtube.com/watch?v=jSlwuafyUUo[/embedyt]

 

O que ele sugere no vídeo acima é que as startups não percam tempo e dinheiro com a formulação de Missão, Visão e Valores. Ao invés disso, tenham um mantra, uma frase curta e objetiva que faça sentido para todos na empresa. Alguns mantras famosos:

  • Google: organizar a informação do mundo;
  • Netflix: o maior contador de histórias do mundo;
  • Uber: levar as pessoas do ponto A ao B;
  • Buscapé: poder para o consumidor;
  • Volkswagen: o carro do povo;
  • Busca Acelerada: as melhores ofertas de veículos em um só lugar;

Note que alguns “mantras” se confundem com o slogans e vice-versa, mas que eles carregam profundo significado e norteiam muitas decisões dessas empresas. Quando Romero Rodrigues definiu que o Buscapé daria poder ao consumidor, ele decidiu que sempre interviria em prol dos usuários do Buscapé, e não de seus patrocinadores (os varejistas). Quando eu decidi que o Busca Acelerada teria as melhores ofertas de veículos, eu decidi que não listaríamos anúncios sem preço, ano ou foto, por exemplo, pois não são bons anúncios. Também não listaríamos anúncios de locadoras de nada que não fosse veículos, como casas.

Esse tipo de decisão elimina ou facilita muitas outras decisões no futuro. E sabemos que temos um número limitado de boas decisões por dia.

 

Jason Fried

Jason Fried

“Faça meio produto, não um produto meia boca.”

– Jason Fried

Essa eu li há muitos anos atrás no excelente Getting Real (Caindo na Real) da empresa Basecamp (ex-37signals). O Basecamp é um de meus SaaS favoritos, não apenas pelo sistema em si, mas pela empresa e o mindset de seus fundadores: Jason Fried e DHH. O livro supracitado é cheio de grandes pérolas mas essa sempre me vem à mente quando o assunto é “lançar rápido”, MVP ou “fechar escopo”.

Costumo trazer essa sacada para o meu dia-a-dia, quando me sinto tentado a adicionar mais funcionalidades a um app Android, ou mais páginas aos meus ebooks, etc. Muitas vezes é preferível trabalhar com um escopo bem limitado, mas executá-lo corretamente, do início ao fim, do que ter um produto enorme cheio de problemas e funcionalidades inacabadas. Um produto meia-boca.

 

Tim Ferriss

Tim Ferriss

“Foque em ser produtivo, não em ser ocupado.”

– Tim Ferriss

Essa é do empreendedor, investidor, autor best-seller e cobaia humana Timothy Ferriss, autor de Trabalhe 4h por semana e 4h para o Corpo, ambos resenhados aqui no blog, entre outros tantos livros. Ferriss constatou rapidamente em sua curta carreira profissional que as empresas por vezes exigem que seus funcionários estejam ocupados, não necessariamente produzindo algo de valor, mas ocupados. Se ele fechasse um contrato comercial que faturasse a meta da semana em vendas, ainda assim ele era obrigado a estar 8h por dia no escritório durante o restante da semana, uma vez que a empresa não estava interessada se ele bateu a meta da semana, mas que ele estivesse presente no escritório.

Essa cobrança por horas trabalhadas, e não pelos resultados obtidos, cria empresas inchadas e ineficientes, para dizer o mínimo, e é isso que Ferriss combateu a vida inteira, criando negócios milionários que operavam de maneira extremamente eficiente e com pouquíssimos assistentes remotos, um autêntico Lifestyle Business.

Como empreendedor, você não pode se dar ao luxo de apenas estar ocupado. Você tem de ser produtivo e para isso terá que analisar, priorizar e só fazer aquilo que realmente trará sucesso ao seu negócio e que só você pode fazer. O restante? Delegue (talvez terceirizando, inclusive).

“Permaneça faminto. Permaneça tolo.”

– Steve Jobs

Steve Jobs disse essa pérola em meio ao seu famoso discurso aos formandos de Stanford em 2005, que você pode conferir no vídeo abaixo (legendado). Se o significado da frase não é óbvio para você, sem problemas, assista ao vídeo primeiro e você vai entender, é muito bom.

[embedyt] https://www.youtube.com/watch?v=s9E6XfJPAMM[/embedyt]

 

O ex-CEO da Apple e da Pixar queria dizer aos alunos que mantivessem aquela fome por conhecimento, aquela inquietude dos tempos da faculdade, se mantivessem sempre como se fossem aprendizes, querendo e buscando saber mais. Essa frase não é exatamente dele, ele leu em um livro quando era jovem, mas não importa, ele que a tornou tão famosa quanto é atualmente.

Jobs, que largou a faculdade bem jovem, não o fez porque não queria estudar. O fez por querer estudar mais do que a faculdade estava disposta a ensinar sobre os tópicos que ele realmente queria aprender. E ele nunca se arrependeu disso. Todo empreendedor que se preze deve se manter sempre ‘faminto e tolo’, não porque Jobs disse, mas porque é o único jeito de se manter no mercado nestes tempos competitivos.

E você, que frases que você conhece que carregam grande significado e lhe motivam a ser uma pessoa melhor?

4 dicas de empreendedores bem sucedidos
5 (100%) 1 voto